Acessibilidade
  • forum O QUE DIZ O ESTATUTO DO IDOSO?
    O estatuto do idoso destina-se a regular os direitos assegurados às pessoas idosas, o estatuto os protege. são formas de proteção: a colocação em abrigo, en­caminhamento à família, ao tratamento de saúde, a orientação e o acompanhamento do idoso. o idoso pode requerer à autoridade judiciária o afastamento de casa daquele familiar que o agride. caso o idoso sofra algum tipo de violência, discriminação e/ou venha a ter alguns dos seus direitos feridos pode-se fazer a denúncia a alguma autoridade policial, ministério público (promotor de justiça), conselho municipal, estadual ou nacional do idoso e defensoria pública.

    Ligue 180

  • forumCENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CREAS)
    O CREAS é uma unidade pública estatal responsável pela organização e oferta de serviços de proteção social especial do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Presta apoio, orientação e acompanhamento a famílias com um ou mais de seus membros em situação de ameaça, ou violação de direitos. Nos CREAS deve ser ofertado o atendimento especializado.

    Ligue 180

  • forumQUAIS SÃO OS DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS QUE A MULHER TEM COMO CIDADÃ?
    Os direitos individuais e coletivos da mulher são aqueles que têm por objetivo garantir à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

    Ligue 180

  • forumQUE DIREITOS POSSUI A MULHER COMO CIDADÃ?
    As Leis tratam do conjunto de normas e regulamentos que compõe a estrutura jurídica, política, social e econômica de um país. A Constituição é a maior lei que existe e ela se sobrepõe a todas as outras onde estão contemplados direitos que podem ser resumidos nos Direitos Individuais e Coletivos; Direitos Sociais e Direitos Políticos.

    Ligue 180

  • forumCOMO LIDAR COM AS VÍTIMAS?
    A recuperação das vítimas é um processo complexo e exige tempo e apoio especializado.Não tratar a vítima como criminosa;Requisitar exames médicos se houver sinais de violência recente;O teste de HIV/AIDS só deve ser realizado com o consentimento da vítima;Respeito à privacidade da vítima, não divulgando seu nome e imagem à imprensa;Oferecer segurança e acesso a assistência;Colocar a vítima em contato com os serviços da Rede de Atendimento às Mulheres e ONGs encarregadas de prestar assistência e encaminhá-la a programas de proteção de vítimas e testemunhas ameaçadas e,Considerar e respeitar o tempo necessário à superação da síndrome pós-tráumatica.

    Ligue 180

  • forumQUAIS SÃO OS DIREITOS POLÍTICOS QUE A MULHER TEM COMO CIDADÃ?
    São aqueles voltados para o direito que toda cidadã tem de participar e agir sobre o destino do país.

    Ligue 180

  • forumO QUE SIGNIFICA AÇÃO CIVIL E AÇÃO PENAL?
    A ação penal tem por fim procurar a verdade dos fatos, apurar a existência de autoria do crime, absolver ou condenar o réu a penas que vão desde o pagamento de cesta básica à prisional. No processo civil as questões limitam-se a aspectos que não envolvem penas pessoais (prisão), mas da decisão de qual das partes tem razão e vai desde questões patrimoniais às de família.

    Ligue 180

  • forumQUAIS SÃO OS DIREITOS SOCIAIS QUE A MULHER TEM COMO CIDADÃ?
    Os direitos sociais que a mulher tem são aqueles que garantem a todas o direito de obter e reivindicar o acesso à educação, saúde, segurança, trabalho e previdência social.

    Ligue 180

  • forumQUANDO A PESSOA TEM DIREITO AO BENEFÍCIO DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA?
    A Constituição Federal garante aos que provarem insuficiência de recursos, a "assistência jurídica integral e gratuita", correspondendo a todos os serviços, sejam judiciais ou extrajudiciais, tais como: consulta, orientação, representação em juízo, isenção de taxas, dentre outros.

    Ligue 180

  • forumO QUE SIGNIFICA SER VITIMA DO CRIME DE LESAO CORPORAL GRAVISSIMA?
    A lesao corporal é gravíssima quando causa incapacidade permanente para o trabalho, enfermidade incurável, perda ou inutilizaçao de membro, sentido ou funçao, deformidade permanente e / ou aborto.

    Ligue 180

  • forumDEFINIÇÃO DE DENGUE
    A dengue é uma doença aguda causada por um vírus de evolução benigna, na maioria dos casos, o seu principal vetor é o mosquito aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais, inclusive no Brasil. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos. O aedes aegypti mede menos de um centímetro tem cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas. O mosquito costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte, mas, mesmo nas horas quentes, pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa. O aedes aegypti se caracteriza por ser um inseto de comportamento estritamente urbano, sendo raro encontrar amostras de seus ovos ou larvas em reservatórios de água nas matas. Em média, o mosquito vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos de cada vez. Ela é capaz de realizar inúmeras posturas no decorrer de sua vida, já que copula com o macho uma única vez, armazenando os espermatozóides em suas espermatecas (reservatórios presentes dentro do aparelho reprodutor). Uma vez com o vírus da dengue, a fêmea torna-se vetor permanente da doença e calcula-se que haja uma probabilidade entre 30 e 40% de chances de suas crias já nascerem também infectadas. Existem duas formas de dengue: a clássica (forma benigna, conhecida também como febre da dengue) e a hemorrágica (forma maligna). A dengue hemorrágica é a forma mais severa da doença.

    Disque 100

  • forumDIAGNÓSTICO DA DENGUE
    Clínico: O diagnóstico clínico-epidemiológico da dengue visa descobrir a natureza, as causas e os sintomas da doença no paciente. Freqüentemente, esse diagnóstico depende da idade do paciente, das crianças que estão em fase de amamentação (lactentes) e das crianças pequenas, porque podem apresentar como sintoma: febre não diferenciada, com manchas na pele. Devem-se analisar as manifestações clínicas com critério, para evitar o falso diagnóstico e prestar atenção em zonas onde a presença do mosquito. OBSERVAÇÃO: a prova do laço consiste em obter, através do aparelho de verificar a pressão arterial (esfignomanômetro), o período médio entre a pressão arterial máxima e mínima do paciente, mantendo esta pressão por cinco minutos. Quando positiva aparecem pequenas hemorragias na pele (petéquias) em baixo do aparelho ou próximo a ele. Se o número de petéquias for de 20 ou mais, por polegada, esta prova é considerada fortemente positiva. Virológico: O diagnóstico virológico da dengue faz-se pelas seguintes técnicas: Isolamento do vírus da dengue, por introdução (inoculação) em culturas celulares; Detecção de antígenos virais, por testes sangüíneos imunoenzimáticos e radioimunoensaios. Sorológico O diagnóstico sorológico detecta anticorpos anti-dengue. Complementa o diagnóstico virológico ou, quando este não é possível, serve como meio determinante de diagnóstico. Existem vários testes empregados no diagnóstico sorológico da dengue, sendo os mais usados: Teste imunoenzimático mac-elisa (mais utilizado); Inibição de hemaglutinação; Fixação de complemento; Teste de neutralização. Laboratorial As amostras a serem colhidas para o diagnóstico laboratorial de dengue são: Sangue: coletar em tubos e rotular corretamente; a amostra deve ser enviada com uma ficha para diagnóstico laboratorial de dengue; Fragmentos de tecidos: coletar pequenos pedaços (fragmentos) de tecidos nos casos de óbitos; os tecidos são as fontes alternativas de isolamento viral.

    Disque 100

  • forumDIAGNOSTICO DA FEBRE DO CHIKUNGUNYA
    O vírus só pode ser detectado em exames de laboratório. São três os tipos de testes capazes de detectar o Chikungunya: sorologia, PCR em tempo real (RT‐PCR) e isolamento viral. Todas essas técnicas já são utilizadas no Brasil para o diagnóstico de outras doenças e estão disponíveis nos laboratórios de referência da rede pública.

    Disque 100

  • forumDIAGNOSTICO DO ZIKA VIRUS
    O diagnóstico laboratorial específico de vírus Zika baseia-se principalmente na detecção de RNA viral a partir de espécimes clínicos. O período virêmico (período febril em que o vírus se encontra no sangue circulante), ainda não está completamente estabelecido, mas acredita-se que seja de curta duração. Desta forma, seria possível a detecção direta do vírus em um período de 4 a 7 dias após o início dos sintomas. Entretanto, recomenda-se que o exame do material seja realizado, idealmente, até o 5º dia do aparecimento dos sintomas. Em relação à microcefalia, após o nascimento do recém-nascido, o primeiro exame físico é rotina nos berçários e deve ser feito em até 24 horas do nascimento. Este período é um dos principais momentos para se realizar busca ativa de possíveis anomalias congênitas. Por isso, é importante que os profissionais de saúde fiquem sensíveis para notificar os casos de microcefalia no registro da doença no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (Sinasc).

    Disque 100

  • forumEPIDEMIOLOGIA DA FEBRE DO CHIKUNGUNYA
    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), desde 2004, o vírus havia sido identificado em 19 países. Porém, a partir do final de 2013, foi registrada transmissão autóctone (infecção contraída no próprio lugar onde vive o doente) em vários países do Caribe e, em março de 2014, na República Dominicana e Haiti – até então, só África e Ásia tinham circulação do vírus. No Brasil, os três primeiros casos importados foram identificados em 2010. Em 2014 foram notificados os primeiros casos autóctones no país. O Ministério da Saúde tem alertado as Secretarias Estaduais de Saúde para manterem os serviços de saúde atentos às pessoas que venham de áreas com transmissão e apresentem os sintomas da doença. Medidas para evitar: O mais importante é evitar os criadouros dos mosquitos que podem transmitir a doença. No Brasil, a notificação dos casos é obrigatória em até 24 horas a partir da suspeita inicial.

    Disque 100

  • forumEPIDEMIOLOGIA DO ZIKA VÍRUS
    Em 27 de janeiro de 2016, o Ministério da Saúde indicou um total de 4.180 casos suspeitos de microcefalia registrados até 23 de janeiro. De acordo o informe, os 4.180 casos noticiados desde o início das investigações - ou seja, desde o dia 22 de outubro de 2015 – foram registrados em 830 municípios de 24 unidades da federação. A região Nordeste concentra 86% dos casos notificados, sendo que Pernambuco continua com o maior número de casos que permanecem em investigação (1.125), seguido dos estados da Paraíba (497), Bahia (471), Ceará (218), Sergipe (172), Alagoas (158), Rio Grande do Norte (133), Rio de Janeiro (122) e Maranhão (119). Quanto ao número de óbitos, no total, foram notificados 68 óbitos por malformaçãocongênita (que acontece desde o nascimento ou ainda antes do nascimento) após o parto (natimorto) ou durante a gestação (abortamento espontâneo). Destes, 12 foram confirmados para a relação com infecção congênita, todos na região Nordeste, sendo 10 no Rio Grande do Norte, um no Ceará e um no Piauí. Continuam em investigação 51 mortes e outras cinco já foram descartadas. O Ministério da Saúde investiga 3.448 casos suspeitos de microcefalia em todo o país. O novo boletim divulgado no dia 27/01/2016 aponta também que 270 casos já tiveram confirmação de microcefalia, sendo 6 casos com relação ao vírus Zika. Outros 462 casos notificados já foram descartados. Cabe esclarecer que o Ministério da Saúde está investigando todos os casos de microcefalia ou malformações informados pelos estados, e a possível relação com o vírus Zika e outras infecções congênitas. A microcefalia pode ter como causa diversos agentes infecciosos além do Zika, como Sífilis, Toxoplasmose, Outros Agentes Infecciosos

    Disque 100

  • forumHÁ TRATAMENTO OU VACINA CONTRA O ZIKA VIRUS
    Não existe tratamento específico. O tratamento dos casos sintomáticos recomendado é baseado no uso de acetaminofeno (paracetamol) ou dipirona para o controle da febre e manejo da dor. No caso deerupções pruriginosas (lesões na pele que coçam), os anti-histamínicos podem ser considerados. No entanto, é desaconselhável o uso ou indicação de ácido acetilsalicílico e outros drogas anti-inflamatórias devido ao risco aumentado de complicações hemorrágicas descritas nas infecções por síndrome hemorrágica como ocorre com outros flavivírus. A Secretaria de Vigilância à Saúde (SVS/MS) informa que mesmo após a identificação do Zika Vírus no país, há regiões com ocorrência de casos de dengue e chikungunya, que, por apresentarem quadro clínico semelhante, não permitem afirmar que os casos de síndrome exantemática identificados sejam relacionados exclusivamente a um únicoagente etiológico (agente causador da doença).

    Disque 100

  • forumMICROCEFALIA
    A microcefalia não é um agravo novo. Trata-se de uma malformação congênita (que acontece desde o nascimento ou ainda antes do nascimento), em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Neste caso, os bebês nascem com perímetro cefálico (cabeça) menor que o normal, que habitualmente é superior a 32 cm. Essa malformação congênita pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como substâncias químicas, agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação. A detecção do genoma do vírus Zika realizada pelo Instituto Osvaldo Cruz (IEC) em líquido amniótico de duas mulheres grávidas de fetos com microcefalia, seguida da detecção do vírus Zika pelo Instituto Evandro Chagas em neonato (caso fatal) com microcefalia, proporcionou à ciência o reconhecimento da associação entre vírus Zika e os casos de microcefalia observados no Brasil.

    Disque 100

  • forumMICROCEFALIA - PLANO, PROTOCOLOS E DIRETRIZES NACIONAIS
    O Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia foi lançado pela Presidenta da República no dia 5/12/2015, no Recife (PE). Trata-se de uma grande mobilização nacional envolvendo diferentes ministérios e órgãos do governo federal, em parceria com estados e municípios, para conter novos casos de microcefalia relacionados ao vírus Zika. O Plano é resultado da criação do Grupo Estratégico Interministerial de Emergência em saúde Pública de Importância Nacional e Internacional (GEI-ESPII), que envolve 19 órgãos e entidades. O plano é dividido em três eixos de ação: a. Mobilização e Combate ao Mosquito; b. Atendimento às Pessoas; e c. Desenvolvimento Tecnológico, Educação e Pesquisa. Essas medidas emergenciais serão colocadas em prática para intensificar as ações de combate ao mosquito.

    Disque 100

  • forumO QUE É A FEBRE POR ZIKA VÍRUS
    É uma doença viral aguda, transmitida principalmente por mosquitos, tais como Aedes aegypti. Ela é caracterizada pelo quadro clínico de: manchas vermelhas pelo corpo que coçam; febre intermitente; olhos vermelhos sem secreção/pus e sem coceira; dor em uma ou mais articulações do corpo; dor muscular; e dor de cabeça.

    Disque 100